A Rede de
Centros de Ciência
dos Açores
OMA
Observatório do Mar
dos Açores
OMIC
Observatório Microbiano
dos Açores
OVGA
Observatório Vulcanológico e
Geotérmico dos Açores
OAA
Observatório do Ambiente
dos Açores
OASA
Observatório Astronómico de
Santana dos Açores
EXPOLAB
Centro de Ciência Viva
dos Açores

A Rede de Centros de Ciência dos Açores é uma estrutura criada pelo Governo dos Açores que agrega diversos espaços de divulgação científica. Para além dos objetivos comuns de promoção da cultura científica, em diferentes áreas do conhecimento, liga-os o caráter interativo e de abertura à comunidade.

OMA – Observatório do Mar dos Açores
O OMA, como Centro de Ciência, dedica-se à promoção e desenvolvimento de atividades de divulgação das Ciências do Mar, em particular no que se refere ao Mar dos Açores.

OASA – Observatório Astronómico de Santana dos Açores
O OASA, como Centro de Ciência, centra a sua atividade na divulgação científica de temáticas relacionadas com a Astronomia e com o conhecimento do Universo.

OVGA - Observatório Vulcanológico dos Açores
O OVGA é um Centro de Ciência que desenvolve atividade de investigação aplicada e de divulgação científica na área da Vulcanologia, da Sismologia e da Geotermia.

OAA – Observatório do Ambiente dos Açores
O OAA é um Centro de Ciência cuja acção se centraliza na promoção de atividades de experimentação e de divulgação científica de temáticas relacionadas com o Ambiente.

EXPOLAB – Centro de Ciência Viva
O Centro de Ciência Viva – EXPOLAB está especialmente vocacionado para a promoção do conhecimento científico, nos diferentes domínios das Ciências Naturais e da Tecnologia, privilegiando a experimentação e as atividades laborais.

OMIC – Observatório Microbiano dos Açores
O OMIC promove o conhecimento sobre a Biodiversidade e a Ecologia microbiana, sublinhando a sua importância para o equilíbrio e a evolução dos ecossistemas na Terra, com particular enfoque nos ecossistemas açorianos.